Parto Ibaté, SP

Parto - Alice | Bem-vindo ao mundo Raul

Depois que postei as fotos do parto no carro, eis que surge entre algumas pessoas interessadas em meu trabalho, uma linda e delicada mulher, Alice, mãe de duas crianças lindas, fotógrafa e grávida do seu terceiro filho.
Alice já estava de 37 semanas, ou seja, a partir dali poderia nascer a qualquer momento... E detalhe, bebê surpresa! Sim! Para deixar o parto mais emocionante, o sexo do bebê só seria revelado para toda a família no momento em que ele viesse ao mundo.
Desde o início já imaginávamos que seu bebê poderia nascer na virada da lua... E foi exatamente o que aconteceu.
Não sei porque, mas de alguma forma, eu sabia o dia que aconteceria o parto... Dia 18 de Abril, noite de lua minguante, foi a noite escolhida por seu bebê para conhecer esse nosso mundo.
Por volta do meio dia do dia 18, Alice me comunicou que estava sentindo contrações e que a bolsa teria se rompido naquela manhã.
Então comecei a me preparar e me concentrar. Não é apenas fotografar, é se entregar e sentir toda a vibração e emoção do momento.
Sete horas da noite, me desloco para Ibaté para fotografar o parto, o qual foi humanizado domiciliar.
Não conhecia Alice pessoalmente, nem sua família e nem a equipe envolvida, pois não deu tempo de marcarmos um encontro antes. Mas foi uma energia tão boa quando cheguei lá, que me senti em casa.
Uma mãe calma e tranquila, cuidando dos dois filhos, colocou eles na cama e então, estava pronta para dar a luz.
Havia café, suco, sopa de feijão branco com calabresa (que o marido fez) e pão de queijo... Hum! Tudo muito gostoso. E vou lhe dizer que toda vez que eu como pão de queijo lembro dessa noite... rsrs.
Crianças na cama, equipe toda a postos, doula, parteiras/enfermeiras, marido e eu, prontos para vivenciar uma noite incrível.
Pouco tempo depois deu-se início ao parto ativo, dores mais intensas, vibrações mais fortes e muita concentração. Ali encontrava-se Alice no seu mundo, a partolândia.
Um silêncio, onde se ouvia apenas os gemidos durantes as contrações, era o som do parto... pouca luz, e muita emoção e sentimento ali para registrar.
A cada grito de dor, eu sentia meu corpo estremecer, arrepiar, era como se eu também fizesse parte de todo processo. Afinal, eu estava sim de alguma forma, todos estávamos.
É algo tão forte e intenso que nos faz desligar do mundo lá fora e parecer que só existem nós e aquele lugar, é inexplicável.
Pareciam horas e mais horas, o tempo ali parou.
Foram várias posições, bola, banqueta, ajoelhada e a piscina (ou banheira como preferirem). O marido sempre ao seu lado, dando apoio, carinho, cuidando pra que tudo acontecesse da forma mais bonita possível. E foi bem assim que aconteceu.
Alguns minutos se passaram... em uma contração forte, uma força inexplicável, um grito/gemido diferente, aquele que diz "vem meu filho, nasça!", e nasceu!
Um menino, Raul! Lindo!
Senti meu corpo tremer, era tanta energia, ansiedade, emoção, tantas sensações ao mesmo tempo, que ao ver o nascimento do Raul, tive que ser forte e continuar meu trabalho, registrando tudo, principalmente aquele momento de encontro da mãe com seu filho, onde acontece o primeiro toque, o primeiro olhar.
Foi lindo, emocionante...
Com o som alto do grito dela, os filhos qu estavam dormindo acordaram e foram até a sala. Assim que chegaram, viram seu irmão mais novo recém nascido no colo da mãe. Uma cena linda! Tão linda, que as duas crianças se emocionaram, e lógico, fizeram a fotógrafa aqui se emocionar também.
A doula, apoiando, cuidando, incentivando sempre. Uma pessoa muito importante nesse processo. As enfermeiras, super tranquilas, carinhosas, fizeram um trabalho excepcional. Foi um trabalho de equipe, tudo fluindo de uma forma sincronizada e harmoniosa.
Uma noite incrível! Um parto lindo, de mexer com nossas emoções.
Eu saí de lá me sentindo tão bem e realizada... É tanta ocitocina, que acaba nos contagiando também.
Uma família linda, feliz e completa.
E mais um trabalho, que faço com muito amor e carinho, finalizado.
Como eu sempre digo, cada parto é um parto. E cada parto uma história para contar.
Obrigada pela confiança, pelo carinho e por me proporcionar mais um momento importante em minha vida, Alice e família.

Um beijo e que venham mais histórias lindas como essa e as outras que vivenciei.